Início > Uncategorized > Glossário/Terminologia de Custos

Glossário/Terminologia de Custos

Mais uma das etapas. Aqui estão alguns termos que vemos nos meios de comunicação, mas não entendemos ou temos uma visão diferente. Este glossário foi retirado da matéria do Dr. Alexandre Bossi, futuro deputado federal.

TERMINOLOGIA DE CUSTOS

  • GASTO: Sacrifício financeiro com que a entidade arca para obtenção de um produto, ou serviço qualquer, seja para uso ou consumo:

Ex.: Gasto com compra de matéria-prima, gastos com mão-de-obra tanto da produção como na distribuição.

  • CUSTO: Compreende a soma dos gastos com bens e serviços aplicados ou consumidos na produção de outros bens ou serviços. O custo é também um gasto, só que reconhecido como tal, isto é, como custo, no momento da utilização dos fatores de produção (bem e serviços), para a fabricação de um produto ou execução de um serviço.

Ex.: o salário do operário, da fábrica, que trabalha na produção de determinado produto.

  • DESPESA: Compreende os gastos decorrentes do consumo de bens e da utilização de serviços das áreas administrativa, comercial e financeira, que direta ou indiretamente visa a obtenção de receitas. As despesas são itens que reduzem o lucro e que tem essa característica de representar sacrifício no processo de obtenção de receitas.

Ex.: O salário do vendedor, que irá comercializar o produto.

  • INVESTIMENTOS: Compreende geralmente os gastos com aquisição de bens de uso da empresa (ativos), ou ainda, aumento de sua vida útil.

Ex.: A compra de um veículo é um investimento e não uma despesa ou custo. No entanto, a perda do valor do veículo em virtude de sua depreciação, representa uma despesa ou custo.

  • DESEMBOLSO: Pagamento resultante da aquisição de bens ou serviços, podendo ocorrer antes, durante ou após a ocorrência do fato.

Ex.: é quando sai o dinheiro do caixa ou do banco.

  • PERDA: Bens ou serviços consumidos de forma anormal ou involuntária. Não deve ser confundida com despesa e nem com custo, exatamente pela sua caracterização de anormalidade e involuntariedade. São itens que vão diretamente à conta de resultado.

Ex.: Perdas com incêndio, obsoletismo de estoques, gastos com mão-de-obra duramente um período de greve.

CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS

Quanto a alocação dos Custos aos Produtos:

  • Custos Diretos – São aqueles que são facilmente atribuíveis a um determinado bem ou serviço, ou seja, são percebidos com clareza em cada produto ou serviço.

Ex.: Matéria prima, mão de obra direta.

  • Custos Indiretos – São aqueles custos que beneficiam toda a produção de um bem ou serviço. São todos os custos de produção, exceto os materiais diretos e mão-de-obra direta.

Ex.: Aluguel, depreciação, salário da supervisão.

7.2 – Quanto a sua dependência com o Volume de Produção ou de Venda:

  • Custos variáveis – São aqueles que estão diretamente relacionados com o volume de produção ou venda. Em termos de custos totais, quanto maior for o volume de produção, maiores serão os custos totais. Em termos unitários, os custos permanecem constantes.

Ex.: Matéria prima

  • Custos fixos – São aqueles que independem do volume de produção ou venda. Representam a capacidade instalada que a empresa possui para produzir e vender bens ou serviços. Em termos de custos unitários, quanto maior for o volume de produção ou venda, menores serão os custos por unidade. Em termos de custos totais, independem das quantidades produzidas ou vendidas.

Ex.: depreciação, aluguel.

Outros autores apresentam outras classificações e conceitos de custos. As mais comuns são:

  • CUSTO PADRÃO: São custo pré-determinados, calculados com base nos parâmetros operacionais, aplicados sobretudo, quando os parâmetros ou indicadores físicos estão perfeitamente definidos, e quando os custos mantém uma relação íntima com a variabilidade daqueles atos quantitativos. Serve como meio de comparação, para se Ter uma idéia de quanto se evoluiu ou não, em relação à períodos de anteriores.
  • CUSTOS HISTÓRICOS: São aqueles registrados contabilmente e sobre eles não há qualquer reajuste monetário. São custos realmente incorridos. Em outra palavras, são os custos objetivos, por que não sofrem nenhuma influencia de julgamento subjetivos.
  • CUSTOS DE OPORTUNIDADE: É o valor do benefício que se deixa de ganhar, quando no processo decisório se toma um caminho em detrimento de outro, ou seja, os benefícios da alternativa rejeitada serão o custo de oportunidade da alternativa selecionada. Exemplo de Custo de Oportunidade é deixar de

aplicar no mercado financeiro, para investir no Ativo Permanente Imobilizado. Esses rendimentos que a empresa deixa de ganhar é um custo de Oportunidade.

  • CUSTOS PRIMÁRIOS: É a soma da mão-de-obra direta e material direto utilizados no processo de produção. Podemos supor que tanto a mão-de-obra direta quanto o material direto, foram os dois primeiros itens de produção e serem identificados e contabilizados. É do interesse da administração da empresa controlar estes dois itens de custo, por serem mais relevantes e por significativos itens do custo total de produção.
  • CUSTO DE TRANSFORMAÇAO: É o custo de transformação do material em produtos. É a soma de mão-de-obra indireta e custos indiretos de fabricação.
  • CUSTOS ESTIMADOS: São pré-determinados e se destinam a resolver certos problemas de controle e planejamento. São computados na base das informações disponíveis anteriormente, à produção e à compra. Quando a empresa deseja realizar alguma operação e quer prever sua rentabilidade ou a relação custo-benefício, solicita ao contador de custos a estimação dos custos relacionados
  • CUSTOS RATEADOS: São sempre custos indiretos, pois o rateio é realizado mediante o emprego de critérios e taxas, que resultam na divisão proporcional de um montante global.
  • CUSTOS SEMI VARIÁVEIS: São aqueles que possuem uma parcela fixa e uma variável.
  • CUSTOS EVITÁVEIS E NÃO EVITÁVEIS: Os evitáveis são eliminados ao se deixar de realizar uma determinada atividade. Os não evitáveis aparecerão em qualquer circunstancia.
Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: